segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Necessidade de Gessagem - Parte I

Os solos brasileiros, em geral, apresentam baixos teores de cálcio (Ca) e altos teores de alumínio (Al) trocável. Isto ocorre, com ênfase, nas camadas mais profundas. Desta maneira, o desenvolvimento radicular é superficial e aí concentrado. Disto ocorre que as plantas sofrem com os veranicos e a absorção de nutrientes é limitada à área de desenvolvimento das raízes. Comparando plantas que tiveram um aporte de gesso na camada de 20-40cm e 30-60cm elas tiveram um desenvolvimento de raízes em área e em profundidade. Nas profundidades subsuperficiais a concentração de raízes chegou a 29% e nas camadas mais profundas, ainda, a concentração de raízes foi de 19 a 12%. Já as plantas que não tiveram um aporte de gesso agrícola, a concentração de raízes foi maior na camada de até 20 cm. Nas camadas mais profundas de 40-60 cm, a concentração de raízes chegou a 1%.
Benjamin Franklin foi um líder fazendeiro e tentou aumentar a produção e qualidade das plantas. Tornou-se muito conhecido, nesta área, por ter aplicado sulfato de cálcio (gesso) em uma colina perto de Filadélfia. Ele escreveu as palavras: “Esta terra foi corrigida com gesso”.
O gesso é um subproduto das indústrias de fertilizantes. Para a obtenção do ácido fosfórico, as rochas fosfatadas são atacadas pelo ácido sulfúrico e desta reação são obtidos o sulfato de cálcio (gesso) e o ácido fluorídrico. Tratando-se a rocha fosfatada com uma quantidade maior de ácido sulfúrico, obtém-se ácido fosfórico e sulfato de cálcio (gesso) sólido em suspensão. O sulfato de cálcio é separado por filtração, originando uma grande quantidade de gesso como subproduto. Por tonelada de ácido fosfórico produzida, obtém-se quase 5 (cinco) toneladas de gesso.
Como o cálcio é pouco móvel no solo e quase nenhuma mobilidade na planta, o efeito da calagem não se observa nas camadas mais profundas. Mas o nutriente cálcio é importante para a planta. No café, as raízes vão atrás do cálcio e nos locais que ele não existe não haverá crescimento das mesmas. Por outro lado, o alumínio (Al³+), que é tóxico para as plantas quando em altas concentrações, está presente nas camadas mais profundas onde o calcário não consegue atingi-las. Desta maneira, altos teores de alumínio e baixos teores de cálcio nas camadas mais profundas não favorecem o desenvolvimento radicular e, assim, as raízes não conseguem buscar água e nutrientes.
O gesso agrícola, sulfato de cálcio, contém cálcio e enxofre (S). Contém 32% de CaO e até 19% de S. Ele se dissocia em Ca²+ e SO4²-. Mas o gesso não é um corretivo para neutralizar a acidez do solo. Tão pouco tem a capacidade de elevar a “Capacidade de Troca de Cátions – CTC”. Ele é um condicionador do solo.
Os benefícios do gesso agrícola são vários.
Entre eles:
1) o ânion SO4²- imprime uma maior mobilidade ao cálcio levando-o para as camadas mais profundas;
2) por sua vez, o íon sulfato se liga ao alumínio formando um sal, o sulfato de alumínio (AlSO4) , que é menos tóxico para a planta;
3) fornece cálcio e enxofre para as plantas.

Quando aplicar o gesso agrícola
O gesso deve ser aplicado quando, no mínimo, uma destas condições seja satisfeita:
a) teor de cálcio (Ca) menor ou igual a 0,4 cmolc/dm³ ou 4 mmolc/dm³. Para transformar cmolc em mmolc basta multiplicar por 10;
b) teor de alumínio (Al) maior que 0,5 cmolc/dm³ ou 5 mmolc/dm³;
c) saturação por alumínio (m%) maior que 30%. Alguns citam 20%.
O produtor agrícola pensando em aplicar gesso deve providenciar na análise do solo. Neste caso, a amostragem deve ser feita na profundidade de 20-40 cm ou 30-60 cm e não na de 0-20 cm como é feita normalmente. Lembre-se que para aplicar gesso, os resultados da análise devem ser de amostras retiradas das camadas mais profundas. Quando coletar amostras das camadas de 0-20, 20-40, 30-60 cm é preciso cuidar para não misturá-las. As amostras devem ser independentes de cada camada. Para isto, é bom ter o cuidado de não misturá-las e proceder à identificação de cada camada. Em geral, a profundidade mais usada é a camada de 20-40 cm.

Como calcular a quantidade de gesso agrícola
Existem várias fórmulas apresentadas pelos pesquisadores para calcular a necessidade de gesso. Vamos apresentá-las a seguir.

1) Necessidade de gessagem e quantidade de gesso:
MARTINS, André G. professor da UFV-MG estabelece a seguinte fórmula:
NG (kg/ha) = 0,30 x Necessidade de calcário recomendada para o solo.
IMPORTANTE: a necessidade de calcário é aquela recomendada para a camada de 20-40 cm onde vai ser aplicado o gesso. Esta fórmula tem apenas a importância de calcular a necessidade de gessagem (NG) e não a quantidade de gesso a ser aplicada no solo. Esta última vai ser definida pela fórmula abaixo:
QG (t/ha) = NG x (SC/100) x (PF/20), onde,
QG = quantidade de gesso em t/ha.
NG = necessidade de gessagem em t/ha calculada na fórmula anterior.
SC = superfície coberta pelo gesso (%). Para área total, utiliza-se SC=100% e para aplicação no café em faixas, SC=75%.
PF = espessura da camada onde o gesso deverá agir, em cm. Para camada de 20-40, PF = 20 cm. Para camada de 30-60 cm, PF=30 cm.
O gesso deve ser aplicado após o calcário. O calcário na camada de 0-20 cm e o gesso na camada de 20-40 cm ou 30-60 cm.
O gesso pode ser aplicado em cobertura, pois é muito móvel. Se a camada de 0-20 cm não exige calcário, pode-se aplicar o gesso em cobertura. Não há necessidade de incorporação do gesso. Uma corrente de pesquisadores recomenda aplicar calcário e gesso juntos. Outra corrente não aconselha.

2) Outra fórmula usada no café, leva em consideração o teor de argila das camadas inferiores do solo.NG (kg/ha) = 75 x argila (%), segundo Souza et al (1997). O gesso deve apresentar, no mínimo, 15% de enxofre (S).
3) Outras fórmulas utilizadas são:
Para culturas anuais – DG (kg/ha) = 50 x teor de argila (%) ou DG (kg/ha) = 5,0 x argila (g/kg)
Para culturas perenes – DG (kg/ha) = 75 x argila (%) ou DG (kg/ha) = 7,5 x argila (g/kg)

4) Vitti e Mazza (1998) apresentam a seguinte tabela para quantidade aproximada de gesso levando em consideração os valores T e V do solo.

Para visualizar o artigo "Necessidade de Gessagem - Parte II" ( clique aqui)

35 comentários:

  1. boa tarde , Gastão para o agricultor que pretende elevar o teor de enxofre através da aplicação de gesso que contenha 16% de SO4 em sua formulação.O Agricultor deve aplicar quantos kg de gesso para elevar 1 mg dm3 de S??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1 mg/dm³ de S x 2 = 2 kg/ha de S
      100 kg gesso contém ................ 16 kg S (mínimo permitido)
      quantos kg gesso (X) ................ 2 kg/ha
      X = (2 x 100) 16
      X = 12,5 kg/ha gesso

      Excluir
  2. Professor Gastão, muito bom dia!
    Primeiramente, parabéns por este seu belíssimo canal de conhecimento agronômico! Sem dúvida alguma, tem ajudado muitas pessoas no Brasil inteiro. Parabéns!
    Minha dúvida reside na aplicação de gesso, visando melhoria de fertilidade no perfil do solo (acima de 60% de argila), entretanto, este solo já possui concentração de S elevada (acima de 7,0 mg). Na sua visão, haveria algum inconveniente em aplicar gesso (aproximadamente 1.500 kg/ha) pensando no enxofre?
    Agradeço imensamente,
    Ricardo A. Fernandes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai aplicar algum à base de sulfato? Se positivo não haveria necessidade de aplicar o gesso, se o objetivo é adicionar S.
      O gesso pode ser aplicado, ele vai neutralizar o Al nas camadas mais profundas e carregar o Ca para essas camadas proporcionando um melhor desenvolvimento radicular em profundidade.

      Excluir
  3. Professor Gastão, boa noite!
    Gostaria de saber qual a quantidade de gesso que devo a aplicar em uma área, a fim de elevar o nível de enxofre de 2 mg/dm³ para 10 mg/dm³. desde já, obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 10 - 2 = 8 mg/dm³ S
      8 mg/dm³ x 2 = 16 kg/ha S
      100 kg gesso agrícola tem........... 16 kg S
      Quanto gesso agric. X ................ 16 kg/ha S
      X = (16 x 100 ) / 16
      X = 100 kg/ha de gesso agrícola.

      Excluir
    2. certo, a quantidade para a camada de 0 - 20 do solo seria a mesma?

      Excluir
    3. OK. as recomendações são para a camada 0-20cm

      Excluir
  4. Olá, qual seria a recomendação de gesso para elevar o teor de cálcio do subsolo de 1 mmolc/dm³ para 4 mmolc/dm³? Grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1 mmol Ca = 0,02 g Ca = 20 mg Ca
      4 - 1 = 3 mmol
      3 x 20 = 60 mg Ca
      60 mg/dm³ Ca x 2 = 120 kg/ha
      Em 1.000 kg de gesso agrícola temos ......... 150 kg Ca
      Em X kg teremos .................................... 120 kg/ha Ca
      X = (120 x 1000) / 150
      X = 800 kg/ha de gesso agrícola

      Excluir
  5. Olá professor, gostaria de agradecer pelo seu ótimo trabalho. O seu blog é uma fonte de conhecimento e certamente está ajudando muitos agrônomos, parabéns!!!
    Eu tenho uma dúvida, como seria o cálculo visando neutralizar um teor de alumínio de 42,2 mmol do subsolo por exemplo? Grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc tem que ter análise da camada 20-40 ou outra, ter a recomendação da necessidade de calcário e aplicar as fórmulas descritas no artigo.

      Excluir
    2. Olá professor,gostaria de saber se num solo com S de 5 mg/dm³ eu posso recomendar o gesso para aumentar o teor de S (análise solo de 0-20 cm)

      Excluir
  6. Caro professor, tenho uma dúvida um tanto quanto juvenil.

    1 - Para o cálculo da calagem eu só analiso a camada 0-20cm, correto?

    2 - Para a NG e QG, os 30% é em função da NC de 0-20, ou ela é em função da NC calculada para a camada 20-40?



    grato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. em função da NC calculada na camada de 20-40

      Excluir
    2. NC em função da camada 0-20
      NG em função da NC calculada na camada de 20-40
      Você vai calcular a NC das duas camadas 0-20 e 20-40 sendo que a NC da camada 0-20 é para a aplicação ecomendada de calcário.

      Excluir
  7. Prof. Gesso é mais de 95% de sulfato de cálcio bihidratato....pq estimamos 16% de S???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gesso é CaSO4. Portanto, além do gesso ele tem Ca e O.

      Excluir
  8. posso usar gesso para corrigir alcalinidade de substrato e tambem neutralizar sódio em excesso??

    ResponderExcluir
  9. Professor nestas respostas destes exercícios que o pessoal te perguntam você não tem que transformar os teores de Ca em CaO, e os de S em SO4, pelos fatores de conversão de 1,399 e 2,999 como o senhor mesmo nos ensinou ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja que as unidades estão expressas no elemento simples e não em óxido ou sulfato.

      Excluir
  10. Professor Gastão,
    Parabéns pelo belo trabalho em manter este canal de conhecimento agronômico, de forma clara e objetiva.
    Muito útil para o meio agronômico!

    ResponderExcluir
  11. Professor, eu tenho em mãos uma análise de solo que foi retirada na camada de 0-20 cm e que apresenta 3,6 cmol/dm³ de Al e um m de 73%. No entanto, não foi coletada a amostra de 20-40 cm, o que significa que eu não tenho como saber como estão as condições de Alumínio nessa segunda camada. Nessas condições eu posso fazer a recomendação de gesso mesmo sem os dados da camada de 20-40?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. Se a cultura desenvolve um sistema radicular profundo seria ótimo uma análise da camada 20-40

      Excluir
  12. PROFESSOR POR QUE A MULTIPLICAÇÃO POR 2? 8mg/dm³x2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. foi para achar kg/ha. Você esqueceu que mg/dm³ x 2 = kg/ha?

      Excluir
  13. Boa tarde Professor! Podemos utilizar o gesso para equilibrar bases, no caso elevar Ca na CTC de 0-20cm? ou de 20-40cm em diante?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O gesso agrícola é um adicionador de cálcio, permitindo que este se aprofunde no solo.

      Excluir
  14. Ola Professor. Sou do paraguay, admiro seu trabalho e empenho em pasar informaçao para todos nos. Tenho uma duvida, Qual o melhor metodo de aplicar calcio na camada 20-40 e 40-60 cm?
    Se aplicado na superficie para descer ele nao desequilibra a relaçao calcio/magnesio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O gesso aplicado na superfície, por ser mais solúvel que o calcário, promoverá um carregamento do Ca para as camadas mais profundas do solo, melhorando a fertilidade e propiciando condições favoráveis para um melhor desenvolvimento do sistema radicular da planta, tanto em área como em profundidade.
      http://agronomiacomgismonti.blogspot.com.br/2013/06/gessagem-antes-durante-ou-apos-calagem.html

      Excluir
  15. Para determinar as quantidades Com respeito as camadas, se eu fizer 3 amostragens de 0a20 de 20a40 e 40a60.
    Vou calcular a quantidade de gesso pela formula da necesidade de calcario.
    Em cada camada vou ter quantidades diferentes de gesso, entao devo somar a quantidade de gessagem detodas as camadas e aplicar em superficie, seria isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Calcule a necessidade de gesso (NG) em função da necessidade de calcário. Você terá a necessidade de gesso para a camada 0-20>Como você quer aplicar até 60 cm de profundidade,
      60-20 = 40
      Aplicando a fórmula (veja link anexo), temos 40/20 = 2
      Então: Quantidade de gesso (QG) = NG x 2

      Excluir
    2. Perdão, esqueci de incluir o link:
      http://agronomiacomgismonti.blogspot.com.br/2012/09/calculo-das-necessidades-de-calagem-e.html

      Excluir
  16. Professor Gastão, bom dia!!!!

    Queria saber sobre a formula para elevar Ca na CTCe do solo pelo método de Recomendação abaixo.

    Critérios para usar a formula camada 20-40cm:
    - Ca na CTCe < que 50%
    - Elevar Ca na CTCe para 60%

    NG= (0,6 × CTCe – teor de Ca em cmolc dm-3) × 6,4

    Obs - As unidades das análises são em mmolc/dm3, na conversão dos nutrientes x 10 eu faço, mais essas constantes estou com duvidas se tenho que converter.

    Desde já agradeço pela atenção
    Att.
    Wagner

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se as unidades na análise do solo estão em mmolc/dm³ você deve fazer a conversão para cmolc/dm³.
      mmolc / 10 = cmolc

      Excluir

Comente, manisfeste a sua experiência, a sua dúvida, utilizando a parte de comentários.