terça-feira, 28 de agosto de 2012

Calcular Quantidade de Adubo por Sulco e Cova


A adubação das culturas com fertilizantes é um dos passos a serem tomados pelo produtor, no planejamento dos custos, a fim de conquistar ótimas produções que vão lhe render lucro. Mas, para isto, a coleta de amostra de solo torna-se um fato muito importante, pois sem análise do solo o produtor não tem condições de avaliar a fertilidade do solo, em questão de acidez e deficiência de nutrientes. A acidez deve ser neutralizada com a calagem. As deficiências de nutrientes devem ser
sanadas com a aplicação de fertilizantes minerais. As plantas necessitam de dezesseis nutrientes, sendo três deles (carbono, oxigênio e hidrogênio) estão no ar e outros treze nutrientes, como os macronutrientes - N, P, K, Ca, Mg e S e os micronutrientes - B, Cu, Zn, Mo, Co, Fe e Mn, elas retiram do solo. Portanto, o solo deve ter estes nutrientes, prontamente disponíveis, para satisfazer as necessidades das plantas.
Por outro lado, as empresas produtoras de fertilizantes lançam no mercado uma série de formulações para atender as necessidades dos produtores. Muitas destas fórmulas são similares, ou seja, estão numa mesma relação N-P-K, de maneira que só se diferenciam na quantidade a ser usada por hectare. Um agricultor recebe a recomendação de fertilizante para a cultura do milho de acordo com o resultado da análise do solo. O leitor pode se familiarizar como se enquadra o resultado da análise do solo, em P e K, nas faixas estabelecidas nas tabelas de recomendação de adubação e calcário dos órgãos de pesquisa., visualizando o link a seguir:
Recomendação de adubação PK pela análise do solo

Por exemplo: As quantidades recomendadas, pela análise do solo, para a cultura do milho foram: N (60 kg/ha), P2O5 (70 kg/ha) e K2O (50 kg/ha). Quanto ao N, a recomendação dos 60 kg/ha é para ser dividida em 20 kg/ha na base e os outros 40 kg/ha em cobertura. Com isto, temos uma relação NPK igual a 20-70-50.
Dividindo-se esta relação pelo menor número temos uma relação simplificada: 20/20 - 70/20 - 50/20, ou seja, 1 - 3,5 - 2,5.
Com esta relação podemos encontrar diferentes formulações de fertilizantes bastando multiplicá-la por números inteiros.
Multiplicando a relação por 4 teremos; 4 x (1-3,5-2,5) = 04 - 14 - 10
Multiplicando por 5: 05 - 17,5 - 12,5 ou 05 - 18 - 13
Multiplicando por 6: 06 - 21 - 15
Agora, vamos calcular quantos kg/ha cada fórmula proporciona para atingir os 20 N, 70 P2O5 e 50 K2O.
A mecânica do cálculo é dividir a quantidade recomendada de qualquer nutriente pelo seu respectivo valor na formulação e multiplicar por 100.
Fórmula 04 - 14 - 10: (20 kg/ha N/04) x 100 = (20/4) x 100 = 500 kg/ha
Fórmula 05 - 18 - 13: (20 kg/ha N/05) x 100 = (20/5) x 100 = 400 kg/ha
Fórmula 06 - 21 - 15: (20 kg/ha N/06) x 100 = (20/6) x 100 = 333 kg/ha

1. Aplicação do fertilizante por metro de sulco:
a) espaçamento da cultura do milho: 80 cm x 20 cm, ou seja, 0,8 m x 0,2 m = 0,16 m²;
b) 1 ha tem 10.000m². Então: 10.000/0,8 = 12.500 m de sulco, ou em 100 m/0,8 = 125 número de sulcos
A fórmula 05 - 18 - 12 exige 400 kg/ha para repor no solo 20 kg N, 70 kg P2O5 e 50 kg K2O.
Então: 400 kg = 400.000 g
400.000 g / 12.500 = 32 g/metro de sulco
Seguindo o raciocínio:
formulação 04 - 14 - 10 corresponde a 40g/metro de sulco
formulação 06 - 21 - 15 corresponde a 26,64g/metro de sulco.

2. Aplicação do fertilizante por cova:
Seja o tamanho da cova igual a 0,60 x 0,30 m o que dá uma área de 0,18m².
10.000 m² (1 ha) / 0,18 m² = 55.556 covas
Formulação 04 - 14 - 10: 500.000 g/55.556 covas = 9 g/cova
formulação 05 - 18 - 13: corresponde a 7,2 g/cova
formulação 06 - 21 - 15: corresponde a 5,94 g/cova

LEIA OS ARTIGOS ABAIXO:

Coleta de amostras de solo
Eficiência dos fertilizantes - Perdas de N
Eficiência dos fertilizantes - Perdas de P e K
Mistura de fertilizantes na propriedade rural
Classificação dos fertilizantes
 

2 comentários:

  1. Olá Gismonti, tem como o senhor me explicar como melhor está parte: "Quanto ao N, a recomendação dos 60 kg/ha é para ser dividida em 20 kg/ha na base e os outros 40 kg/ha em cobertura."

    Está base é na semeadura , e a cobertura é... não entendi muito bem. Vlw

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Vitor Hugo
      A recomendação de N acima é um exemplo. Neste caso 1/3 do N (20 kg)é aplicado no momento do plantio através da formulação ou por fertilizantes simples (uréia, sulfato de amönio, etc. O restante, 40 kg é aplicado em cobertura/ no caso do milho quando a planta estiver na altura do joelho, ou com 40 cm de altura. Tb pode esta cobertura ser dividida em duas, ou seja, 20 kg aos 40 cm e o restante no penduamento. Cada cultura tem o momento certo para fazer a cobertura, isto vc encontra nas tabelas de recomendação e calagem para o seu Estado.

      Excluir

Comente, manisfeste a sua experiência, a sua dúvida, utilizando a parte de comentários.