terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Interpretação das Relações entre Ca, Mg, K do Solo


Os cátions básicos são o cálcio (Ca²+), o magnésio (Mg²+) e o potássio (K+). Eles são importantes no processo de nutrição das plantas e a interação entre eles é fundamental, em termos de favorecer ou inibir a absorção pelas plantas. O cálcio em excesso inibe a absorção de magnésio e vice-versa. O cálcio e o magnésio são adicionados, principalmente, pelo calcário. Quando a relação Ca/Mg está baixa, ela pode ser aumentada pela aplicação de um calcário calcítico. Se está alta, pode-se regulá-la pela aplicação de um calcário com alto teor de magnésio ou uma fonte de magnésio. Já comentamos em publicações quanto de cálcio e de magnésio é adicionado
ao solo pelo calcário. Publicamos, também, como manter ou aumentar, pela calagem,a relação Ca/Mg.

Os cátions básicos estão em uma relação entre eles, que é classificada em faixas, por alguns autores, segundo os valores encontrados.
Souza & Lobato (2004), para solos do Cerrado, classificam as faixas de concentração de cálcio e magnésio, relação Ca/Mg conforme as tabelas 1, 2 e 3 apresentadas a seguir:


Na Tabela 2 temos a interpretação dos valores de cálcio (Ca²) em solos do Cerrado, na camada mais profunda, acima de 20 cm.


Na Tabela 3, encontramos as faixas para interpretar os valores da relação Ca/Mg, em solos do Cerrado. Na literatura é recomendado que a melhor relação para as plantas, em geral, é de 3 a 5:1.


Sobre relação Ca/Mg já escrevemos vários artigos e postados no Na Sala com Gismonti, que poderão ser visualizados acessando os títulos a seguir:

Borkert et al. na pesquisa sobre rendimentos de soja em função das relações entre cálcio, magnésio e potássio, em solos cerrado, concluíram a Tabela 4 para interpretação da análise do solo:


A Tabela 2, de Souza e Lobato (2004) pode ser incrementada com as demais relações entre Ca, Mg e K, para solos do Cerrado, em geral, como podemos observar na Tabela 5.

EXEMPLO:
Vamos calcular as diversas relações entre Ca, Mg e K conforme os teores destes elementos na análise de solo descrita abaixo;


Relação Ca/Mg = 6 / 2   Ca/Mg = 3
Relação Ca/K = 6 / 0,6  Ca/K = 10
Relação Mg/K = 2 / 0,6  Mg/K = 3
Relação (Ca + Mg) / K = (6+2) / 0,6   (Ca + Mg) / K = 13
Pelas tabelas de Souza & Lobato (3 e 5), verificamos que a relação Ca/Mg é adequada. As demais relações estão classificadas na faixa "média".
Podemos adicionar calcário para aumentar as relações, cuidando da reposição de K para manter o equilíbrio.


21 comentários:

  1. Professor, qual a opção mais viável e quais fontes de Mg, no caso de uma relação Ca/Mg muito alta? O calcário na região tem uma relação Ca/Mg próxima de 3,0.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que é alta? 5/1, 7/1 são altas mas não precisamos nos preocupar. Tem plantas que respondem bem em solos com relação 10:1
      Um calcário com relação 3:1 é bom, pois se pensa em uma relação ótima a 3:1 ou 4:1.

      Excluir
    2. Algumas em torno de 5/1 mesmo. O problema é que o calcário com essa proporção, somado ao uso de gesso agrícola e fertilizantes com Ca e S, como o Super Fosfato Simples, não pode haver daqui a algum tempo um excesso de Ca no solo? Conforme citado no texto "Se está alta, pode-se regulá-la pela aplicação de um calcário com alto teor de magnésio ou uma fonte de magnésio", qual seria essa fonte de Mg?

      Excluir
    3. seria óxido ou sulfato e magnésio, o mais solúvel. Mas é uma prática onerosa.

      Excluir
  2. olá professor, e se minha relação de Ca/Mg estiver alta, como faço para baixar a nível adequado? Obrigado e parabéns pelo site!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A relação se está alta é porque existe mais cálcio do que magnésio no solo. Então, deve-se usar mais magnésio para diminuir esta relação. O uso de óxido de magnésio ou sulfato de magnésio seria uma prática onerosa. Consulte os dados de sua região para ver, através de pesquisas, quais os valores para esta relação.

      Excluir
  3. Prezado Professor, tenho uma relação ca/mg=2,4 com ph= 6,8, como proceder para adequar esta relação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia o artigo abaixo, acessando o link
      http://agronomiacomgismonti.blogspot.com/2010/03/como-aumentar-ou-manter-pela-calagem.html

      Excluir
  4. Também tenho uma situação parecida com a do Paulo professor,onde a relação ca/mg=2,1 com ph 6,3 como adequar esta relação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acessando o link abaixo, você poderá ler um artigo relacionado ao caso
      http://agronomiacomgismonti.blogspot.com/2010/03/como-aumentar-ou-manter-pela-calagem.html

      Excluir
  5. Por que é necessário termos no solo valores mais altos de Cá em relação ao K

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os valores das relações entre Ca, Mg e K devem estar dentro dos parâmetros divulgados pela pesquisa. São as relações ideais, fora destes valores é prejudicial na absorção destes nutrientes pelas plantas

      Excluir
  6. Boa tarde, gostaria de saber se, para a cultura da soja e milho a relação de Ca Mg na saturação seria ideal 45:15??

    ResponderExcluir
  7. Boa noite !

    E para uma relação 1:1 ? como proceder para adequar essa relação.
    Solo arenoso
    Cultura perene

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia
      http://agronomiacomgismonti.blogspot.com/2010/03/como-aumentar-ou-manter-pela-calagem.html

      Excluir
  8. Bom dia, estou com um problema se possivel me esclareça. Produzo aboboras Cabotia e apesar da boa produtividade não estou obtendo qualidade, a casca não esta escurecendo como devia e a poupa não esta ficando densa como era pra ser, tenho quase que certeza que é problemas com nutição, e desconfio da relações entre esses elementos: Ca 6 cmolc/dm³, Mg 1,5 cmolc/dm³, e K 233 mg/dm³. o que vc acha que posso fazer para balancear a adubação? e esse potássio natural do solo tão alto significa que não devo fazer adubação a base de potássio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se os níveis de K estão nesta faixa, você deve analisar que pode deixar de aplicar, mas faça nova análise após o cultivo para ver a situação do K no solo. Fica difícil longe de vc fazer uma interpretação do que está acontecendo, por isso recomendo pedir a orientação de um agrônomo de sua região para observar outros fatores que não somente a nutrição. Relação Ca/Mg acredito que está boa. A amostra é representativa de toda a área ou foi colhida num só ponto?

      Excluir
  9. Obrigado, vc poderia prestar uma consultoria particular pra gente? Tenho interesse! Se possível me deixe seu contato.

    ResponderExcluir
  10. Obrigado pela sua orientação, vejo que vc tem um conhecimento diferenciado em nutrição, sobre procurar um engenheiro agrônomo daqui da região não tive sucesso, tenho interesse em custear uma assistência técnica mais aprofundada no aspecto nutrição, gostaria de saber se vc prestaria essa assistência a nós, mesmo longe, mas com toda informação necessária para que vc nos dê um melhor norte? Sou técnico agrícola e temos engenheiro agrônomo na fazenda, posso lhe fornecer o material necessário para vc fazer as interpretações! O que acha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente não tenho tempo disponível. Mas no blog procure na coluna da direita ""assuntos de interesse geral" selecione analise do solo interpretação, clique e abrirá uma janela com uma série de publicações que ensinam como interpretar uma análise de solo.

      Excluir

Comente, manisfeste a sua experiência, a sua dúvida, utilizando a parte de comentários.