quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Determinação da Necessidade de Calagem no RS

Os solos do Rio grande do Sul, são ácidos o que compromete o rendimento das culturas. Daí a necessidade de se proceder a calagem nestes solos a fim de buscar uma elevação do rendimento das culturas.
Para determinar a necessidade de calagem utiliza-se os critérios principais: pH em água, e o valor V%. A saturação por bases (V) de 65% corresponde a um pH 5,5; V= 80% a um pH 6,0; e V = 85% a um pH 6,5. No RS, 15% dos solos apresentam pH em água menor que 5,5 e V% maior que 65.
A recomendação deve ser feita usando-se a média dos cálculos obtidos com o índice SMP e a saturação por bases (V%). O critério de usar o cálculo da necessidade de calagem pelo método de saturação por bases é muito usado nas lavouras do sistema de plantio direto (SPD).

Sistema de plantio direto (SPD)
Para determinar a calagem usa-se o pH em água e a saturação por bases da CTC a pH 7,0 (V%). Se não houver concordância entre estes dois critérios considerados principais, utiliza-se o teor de fósforo (P) no solo, e a saturação por alumínio da CTC a pH 7,0 : m% =100 x Al / t .
A seguir vamos demonstrar quatro exemplos de como avaliar isto na prática. Chamamos a atenção que os dados são hipotéticos.
Exemplo 1:


Esta amostra apresenta pH menor que 5,5 o que indicaria a necessidade de calagem. Entretanto como o valor V é igual a 65%, por este critério, não se indicaria a calagem. Verificamos que não há concordância entre os dois critérios: pH em água e valor V%; precisamos analisar o teor de P e m%.
Quando se analisa os teores de P e de m% devemos ter em mente que não se recomenda calagem quando a porcentagem de saturação por alumínio da CTC efetiva (m) for menor que 10% e o teor de P está interpretado na faixa “alto ou muito alto”. Neste exemplo 1, o vamor "m" é menor que 10%, mas o P está na faixa muito baixo; logo a calagem deve ser recomendada.

Exemplo 2:

Neste exemplo, os critérios de pH em água menor que 5,5 e V =42% levam à indicação de necessidade de calagem. Há concordância entre os dois critérios.

Exemplo 3:
Novamente não há concordância entre os dois critérios principais: pH é baixo, mas o V é 68%. Como não há concordância, é preciso analisar a porcentagem de saturação por Al da CTC efetiva e o teor de P no solo. Ora, a saturação por Al (m) é menor que 10%; o teor de P está enquadrado na faixa “muito alto”. Logo, nesta área do SPD, a calagem não é recomendada.

Exemplo 4:
Esta é outra área que não se recomenda a calagem porque o pH em água está acima de 5,5 e o valor V é igual a 68%. Há concordância entre os dois critérios principais.

Sistema convencional
No sistema convencional em que se busca atingir um pH 6,0, para culturas que o exigem, em todos exemplos acima se recomendaria a calagem pelo método SMP, e até mesmo pela saturação por bases da CTC a pH 7,0 (V%)

Um comentário:

Comente, manisfeste a sua experiência, a sua dúvida, utilizando a parte de comentários.