quinta-feira, 4 de novembro de 2010

A Água de Irrigação Quanto à Salinidade e Sodicidade

Na postagem anterior de 2 de novembro, foi abordada os cuidados para garantir a qualidade da água utilizada na irrigação das culturas. As águas inadequadas podem apresentar alta concentração de sais que vão salinizá-lo, bem como provocar riscos de toxidez para as plantas, além da sodicidade que é a concentração de sódio que vai de baixa a muito alta. Os solos salinos podem se transformar em solos degradados. Nesta postagem será abordada a classificação da água de irrigação com relação à salinidade e à sodicidade.

Segundo à condutividade elétrica (CE) ou concentração total de sais solúveis, a salinidade da água pode ser baixa, média ou alta.
1. Água de salinidade baixa - pode ser utilizada na irrigação e na maioria dos solos. Às vezes, alguma lixiviação torna-se necessária.
2. Água de salinidade média - pode ser usada quando for possível fazer lixiviação moderada. Podem ser cultivadas plantas que apresentem moderada tolerância à salinização.
3. Água com salinidade alta - os solos que apresentam problemas de drenagem não são indicados para se proceder a irrigação das lavouras. Neste caso, utilizar somente plantas tolerantes à concentração de sais.
A sodicidade se refere ao acúmulo de íons de sódio (Na) que estão presentes na água de irrigação e que eleva a percentagem de sódio trocável no solo. Para medir o seu risco, utiliza-se a condutividade elétrica da água mais a relação de adsorção de sódio (RAS): relação entre os íons Na, Ca e Mg.
1. Água com baixa concentração de sódio - é indicada para uso em irrigação para todos os tipos de solos.
2. Água com média concentração de sódio - pode ser usada em solos com textura grossa ou em solos orgânicos e que tenham boa permeabilidade. Os solos com textura fina, alta CTC, baixas condições de lixiviação devem ser descartados, pois apresentam perigo de sodificação. Neste caso, usar gesso.
3. Água com alta concentração de sódio - aqui há o perigo do sódio trocável. São necessários solos que tenham boa drenagem, alta lixiviação e necessitem a adição de matéria orgânica. Solos onde foi feita a gessagem pode não ocorrer a toxidez por sódio.
4. Água com muita alta concentração de sódio - nestas condições, a irrigação é imprópria, exceto quando a salinidade for de baixa a média.
É importante que o produtor faça, antes de iniciar o processo de irrigação, uma análise da água que será usada no sistema. De posse do resultado, em conjunto com o Técnico, fazer um estudo da situação e tomar as devidas providências, se forem necessárias.

OUTRO ASSUNTO PARA LER 
Cuidados no uso da água para irrigação

Um comentário:

  1. Quais seriam os níveis quantitativos de sódio para a classificação acima?

    ResponderExcluir

Comente, manisfeste a sua experiência, a sua dúvida, utilizando a parte de comentários.