quinta-feira, 25 de março de 2010

Como Aumentar ou Manter, pela Calagem, a Relação Ca:Mg

Nossas últimas postagens têm sido baseadas nos resultados de uma análise de solo hipotética; a partir dela, já escrevemos sobre interpretação dos conceitos básicos, como soma de bases e CTC's; saturações por bases, por ácidos e por alumínio; e cálculo da necessidade de calagem feita em diferentes Estados brasileiros. E partindo da recomendação de calagem vamos abordar, nesta postagem, como manter a relação Ca/Mg, e, até mesmo, aumentá-la.


Nosso solo tem 0,3 cmolc Ca/dm³ e 0,1 cmolc Mg/dm³. Portanto uma relação Ca/Mg igual a 3:1. Temos um calcário dolomítico com 36% de CaO e 15% de MgO.

PRIMEIRO PASSO: Transformar CaO em Ca e MgO em Mg.
1kg de CaO x 0,714719 = 0,714719 kg de Ca
1kg de MgO x 0,603245 = 0,603245 kg de Mg
Para se chegar a estes números procede-se assim (peso atômico):
CaO ........................Ca
(40,06+15,99) .......40,06 ; 56,05 .......40,06 ; 40,06/56,05 = 0,714719
MgO.........................Mg
(24,312+15,99) .....24,312 ; 40,302 ....24,312 ; 24,312/40,302 = 0,603245
Em 10kg teremos 7,14719 kg de Ca ou 7.147,19 g de Ca
Em 10kg teremos 6,03245 kg de Mg ou 6.032,45 g de Mg
cmolc/dm³ de Ca = g Ca x 4,9900
Como surgiu este valor 4,9900?
cmolc Ca/dm³ = peso atomico Ca em g /valência/100
cmolc Ca/dm³ = 40,06/2/100; cmolc Ca/dm³ = 0,2003 g de Ca
1 cmolc/dm³ Ca tem................ 0,2003 g de Ca

............X cmolc Ca.........................  1 g Ca
X =  (1 x 1) / 0,2003 = 4,9900
Portanto, cada g Ca tem 4,99 cmolc Ca/dm³
cmolc/dm³ de Ca = 7.147,19 g de Ca x 4,9900 = 35.664,47 cmolc Ca/dm³
Como o calcário dolomítico tem 36% de CaO, teremos para cada 1% aplicado em t/ha o correspondente a 35.664,47 cmolc Ca/dm³ x 36 = 1.283.921,2 cmolc Ca/dm³.
Considerando uma camada de solo de 20 cm, num hectare teremos 2.000.000 dm³.
Em 2.000.000 dm³ de solo temos ....1.283.921,2 cmolc Ca/dm³.
em 1dm³ teremos ..................................X........................
X = 1.283.921 x 1 /2.000.000 = 0,64 cmolc Ca/dm³.

No caso do magnésio, o cálculo será:
cmolc Mg/dm³ = 6.032,45 g de Mg x 8,2344 = 49.673,60 cmolc Mg/dm³
Para conseguir o valor 8,2344 o raciocínio é o mesmo no caso do Ca acima. Considerando o peso atômico do Mg igual a 24,300 g.
1 cmolc Mg/dm³ tem .....................0,1215 g Mg
......X cmolc Mg ....................................1 g
X = (1x1) / 0,1215 = 8,2344
Portanto, cada g Mg tem 8,2344 cmolc Mg/dm³ 

Como o calcário dolomítico tem 15% de MgO
49.673,60 cmolc Mg/dm³ x 15 = 745.104,09 cmolc Mg/dm³
Adotando o mesmo raciocínio para o hectare e a camada de 20 cm, teremos
49.673,60 cmolc Mg/dm³ /2.000.000 = 0,37 cmolc Mg/dm³
Conclusão do primeiro passo:
O calcário dolomítico em referência fornece:
0,64 cmolc Ca/dm³
0,37 cmolc Mg/dm³
SEGUNDO PASSO: transformar o CaO do calcário calcítico em cmolc Ca/dm³.
O calcítico tem 58% de CaO.
35.664,47 cmolc Ca/dm³ x 58 = 2.068.539,20 cmolc Ca/dm³
Em 2.000.000 dm³ de solo temos....2.068.539,20 cmolc Ca/dm³
em 1dm³ teremos ................................ X cmolc Ca/dm³
X = (1 x 35.664,47) / 2.000.000; X = 1,03 cmolc Ca/dm³
TERCEIRO PASSO: calcular a quantidade da mistura de dolomítico e calcítico.
Como o dolomítico fornece por tonelada 0,37 cmolc Mg/dm³, para manter a relação 3:1 precisamos de 1,11 cmolc Ca/dm³ (0,37x3). O dolomítico fornece 0,64 cmolc Ca/dm³; necessitamos completar o cálcio com o calcário calcítico em 0,47 cmolc Ca/dm³ (1,11-0,64). Como a tonelada de calcítico com 58% de CaO fornece 1,03 cmolc Ca/dm³,precisamos fazer uma regra de três:
Em 1t de calcítico (58% CaO) temos .......1,03 cmolc Ca/dm³
Em X.t de calcítico teremos .....................0,47 cmolc Ca/dm³
X = (1x0,47) / 1,03 = 0,456 t/ha ou 456 kg/ha de calcítico

CONCLUSÃO 1:
"Para cada tonelada de calcário dolomítico com 36% de Cao e 15% de MgO, precisamos acrescentar 456 kg de calcário calcítico com 58% de CaO."

SIMPLIFICAÇÃO:
Podemos utilizar uma outra maneira de calcular os cmolc/dm³ de Ca e Mg sem a necessidade de todos os cálculos feitos anteriormente. Basta aplicar coeficientes, que darão diretamente os valores.
Para cada 1% de CaO multiplicado por 0,01784 teremos cmolc Ca/dm³
Para cada 1% de MgO multiplicado por 0,0248 teremos cmolc Mg/dm³
Vejamos com o dolomítico:
36 x 0,01784 = 0,64 cmolc Ca/dm³
15 x 0,02481 = 0,37 cmolc Mg/dm³
Com o calcítico:
58 x 0,01783 = 1,03 cmolc Ca/dm³
Agora é só calcular as quantidades da mistura, como foi feito acima.
Como se acham os coeficientes 0,01784 e 0,0248?
CaO ........................Ca
(40,06+15,99) .......40,06 ; 56,05 .......40,06 ; 40,06/56,05 = 0,714719
0,714719/40,06 = 0,01784
MgO........................Mg
(24,312+15,99) .....24,312 ; 40,302 ....24,312 ; 24,312/40,302 = 0,603245
0,603245/24,312 = 0,02481

AUMENTAR A RELAÇÃO Ca/Mg PARA 4:1
Cada tonelada de calcário dolomítico fornece 0,37 cmolc Mg/dm³. Para aumentar a relação Ca/Mg para 4:1 precisamos 1,48 cmolc Ca/dm³ (0,37x4).
Como a tonelada de dolomítico fornece 0,64 precisamos de 0,84 cmolc Ca/dm³ (1,48-0,64), que deverão vir do calcítico.
Uma tonelada de calcítico (58% CaO) fornece 1,03 cmolc Ca/dm³. Quanto precisamos de calcítico para fornecer 0,84 cmolc Ca/dm³?
X = 0,84/1,03 = 0,815 t ou 815 kg de calcário calcítico.

CONCLUSÃO 2

" Para aumentar a relação Ca/Mg para 4:1, a cada tonelada de calcário dolomítico (36% CaO e 15% MgO) precisamos misturar 815 kg de calcítico (58% CaO)."

5 comentários:

  1. Ola!!! professor, parabéns pelo blog. Ajuda e muito todos do meio. e si a relação Ca/Mg for maior exemplo 7:1 ?

    abraço sucesso!

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Olá Soraia. Obrigado. Um abraço e sucesso no se trabalho.

      Excluir
  3. Olá Prof.
    Minha dúvida é a seguinte:
    Meu calcario oferece 35% CaO e 12% MgO
    Preciso aumentar minha relação Ca/Mg para 3:1
    Minha analise de solo apresentou: 1,0 cmolc/dm³ de Ca e 0,4 cmolc/dm³ de Mg
    Não estou conseguindo chegar no resultado da calagem para poder chegar nos 3 cmolc/dm³ de Ca

    ResponderExcluir

Comente, manisfeste a sua experiência, a sua dúvida, utilizando a parte de comentários.