quinta-feira, 30 de junho de 2011

Qual a Importância do PRNT do Calcário?

Numa postagem anterior escrevemos sobre a importância de não comprar calcário baseando-se somente pelo preço mais baixo. Veja no link abaixo, as informações sobre este assunto:
O calcário deve ter características que lhe confiram qualidade. A neutralização da acidez do solo requer um corretivo que neutralize a acidez do solo, no menor espaço de tempo, e que apresente um efeito residual durante dois a três anos. A escolha de um calcário mais barato poderá tornar antieconômica a sua aplicação. Além disto, dependendo da granulometria, a reação para neutralizar a acidez do solo poderá ser mais longa, onde as culturas de ciclo curto não aproveitarão os benefícios da
calagem. Na escolha de um calcário deve-se levar em conta o Poder Relativo de Neutralização Total (PRNT). O PRNT, por sua vez, depende do poder de Neutralização (PN) e da Reatividade (RE).
O que é PN do calcário?
O Poder de Neutralização ou PN, é expresso em relação à do carbonato de cálcio puro que é considerado como 100%. Deste modo, o PN dos corretivos é o equivalente em carbonato de cálcio (ECaCO3). Os compostos de magnésio, por suas características químicas, têm PN maiores que os de cálcio.
Qual a vantagem do PN de um calcário?
Quanto maior o PN de um calcário, maior é a quantidade de ácidos que ele neutraliza. A cal virgem e a cal apagada possuem PN maiores que 100% ,devido à presença de óxidos e hidróxidos de cálcio. As quantidades a serem aplicadas, com estes produtos, serão bem menores. A legislação brasileira determina que os calcários, para serem comercializados, devem possuir, no mínimo. 38% de CaO + MgO. Como o cálcio e o magnésio, nos calcários, estão na forma de carbonatos, e não de óxidos, é necessário uma conversão. O teor CaO e MgO é uma maneira dos laboratórios expressarem os resultados das análises. O equivalente em carbonato de cálcio do CaO é igual a 1,78 e do MgO é igual a 2,48.
Como se calcula o PN?
Seja um calcário com 30% de CaO e 12% de MgO. O cálculo do PN será utilizando os índices para equivalentes em carbonato de cálcio. Consideremos os seguintes pesos atômicos dos elementos: Ca = 40,08; Mg = 24,305; C = 12,011; O = 15,99994. O CaCO3 tem na soma dos pesos atômicos de seus elementos, igual a 100 (40,08+12,011+15,99994x3), o CaO igual a 56,08 (40,08+15,99994) e o MgO igual a 40,30 (24,305+15,99994). Então, 100/56,08 = 1,78  e 100/40,30 = 2,48. O equivalente em carbonato de cálcio do CaO e do MgO será:
30% CaO x 1,78 = 53,40%
12% MgO x 2,48 = 29,76%
O PN será a soma de 53,40 + 29,76
PN = 83%
Mas, somente o PN não é fundamental na qualidade de um calcário. O produto tem que reagir rapidamente com o solo, quando bem incorporado. Este tempo deve ser de um a dois meses. É preciso calcular a reatividade do calcário. A legislação brasileira tolera, no máximo, 5% de partículas com diâmetro maior que 2 mm. A legislação estabelece, também, que, no mínimo, 50% do calcário deve passar na peneira 50, e 70% na peneira 20 . Partículas maiores que 2 mm não reagem na neutralização da acidez do solo. Isto é importante porque partículas com diâmetro maior levam mais tempo para reagir com os ácidos do solo.
Partículas com diâmetro entre 2 e 0,84 (passando na peneira 10 e retido na peneira 20) reagem com o solo em dois a três anos;
Partículas entre 0,84 e 0,30 mm (passando na peneira 20 e retida na peneira 50) reagem 60% neste período;
Partículas menores que 0,30 mm reagem em 6 meses.
Isto nos permite calcular a reatividade de um calcário.
Como se calcula a Reatividade (RE) de um calcário?
Por hipótese: admitamos que a análise de uma amostra de calcário, do ponto de vista granulométrico, apresentou os seguintes resultados:
58% (0,58) passam na peneira com diâmetro de orifícios de 0,30 mm (peneira ABNT50);
25% (0,25) são retidos na peneira 50 mas passam na peneira 20, que possui diâmetro de orifícios de 0,84 mm (peneira ABNT 20);
16% (0,16) são retidos na peneira 20, mas passam na peneira 10 que possui diâmetro de orifícios de 2,00 mm;
1% são retidas na peneira de 2,00 mm.
A reatividade das partículas de um corretivo é calculada da seguinte maneira:
1. reatividade zero (0) para a fração retida na peneira ABNT 10 (peneira 2 mm). Estas partículas não têm efeito corretivo no período de 12 a 36 meses;
2. reatividade 20%  para a fração que passa na peneira ABNT 10 e fica retida na peneira ABNT 20 (0,84mm);
3. reatividade 60%  para a fração que passa na peneira ABNT 20 e fica retida na peneira ABNT 50 (0,30mm);
4. reatividade 100% para a fração que passa na peneira ABNT 50.
A fórmula para cálculo da reatividade (RE) é a seguinte
RE = 0x(ABNT10)+20x(ABNT10-20)+60x(ABNT20-50)+100(ABNT50)
RE = 0 x (0,01)) + 20x (0,16) + 60x (0,25) + 100x (0,58)
RE = 58 + 15 + 3,2 + 0
RE = 76,2%
O que significa uma RE igual a 76,2%?
Esta reatividade indica que 76,2% das partículas do calcário reagirão, no solo, num período de dois a três meses.
Este calcário, do exemplo, atende às normas da legislação?
Sim. Tem 1% de partículas maiores que 2 mm, quando a legislação tolera 5%. Cerca de 58% das partículas passam na peneira 50, quando na legislação o mínimo é 50%; 83% (58+25) passam na peneira 20, quando o mínimo é 70%.
O que é filler?
Os calcários finamente moídos, os "fillers" devem passar 100% na peneira 50. São utilizados quando se necessita de uma reação mais rápida.
Como se calcula o PRNT do calcário?
O PRNT vai demonstrar a sua qualidade química (PN) e a sua característica física ou granulometria (RE)
PRNT = (PN x RE) / 100
PRNT = (83 x 76,2)  / 100
PRNT = 63%
O que significa um PRNT de 63% ?
Um PRNT igual a 63% significa que uma tonelada deste produto terá o mesmo efeito na neutralização da acidez do solo do que 630 kg de carbonato de cálcio puro e finamente moído, em dois a três anos.
Qual o PRNT usado pela pesquisa para recomendação de calagem?
A pesquisa oficial utiliza, na recomendação da quantidade de calcário para neutralizar a acidez do solo, o PRNT de 100%. Se um calcário não tiver este PRNT de 100%, deve-se fazer a correção da quantidade. Para isto, divide-se o valor 100 pelo PRNT do calcário.
f = 100/PRNT.
Um calcário com PRNT 66% para uma quantidade recomendada de 3 t/ha, a correção será a seguinte:
f = 100/66 = 1,5
Então: 3 x 1,5 = 4,5 t/ha.
Num calcário de 80%, o f = 100/80 = 1,25; a nova quantidade será: 3 x 1,25 = 3,75 t/ha.
Quais são as faixas de PRNT admitidas pela Legislação?
A legislação brasileira de corretivos admite as seguintes faixas, na comercialização de um calcário:
Faixa A - calcário com PRNT entre 45,0 e 60,0 %;
Faixa B - calcário com PRNT entre 60,1 e 75,0%;
Faixa C - calcário com PRNT entre 75,1 e 90,0 %;
Faixa D - calcário com PRNT superior a 90,0 %.
Calcários com PRNT menor que 45,0% não podem ser comercializados.
O calcário, exemplo acima, está enquadrado na faixa B.
Quanto maior o PRNT melhor a qualidade do calcário e menor a quantidade a ser aplicada.
OUTROS ARTIGOS PARA LER
Por que não comprar calcário pelo preço
Aplicação e incorporação do calcário
Cuidados com a calagem
Cálcio e magnésio adicionados pelo calcário

21 comentários:

  1. Prezado, Gismonti.
    Sou estudante de Zootecnia, e estou estudando a disciplina Fundamentos de solos II. seu blog tem me ajudado bastante, aqui sempre tem a informação que eu preciso. porem estudando pra minha prova, notei que a formula do PN esta equivocada pois la se encontra "PRNT = PN x RE" sendo que a real é PRNT = PN x RE\100 estou certo??
    Obrigado por tudo e continue com esse magnifico trabalho. Parabens...!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc. está certo. Houve uma falha nossa na digitação. O certo é PRNT = PN x RE / 100
      Já fizemos a correção no artigo.
      Obrigado pela colaboração.

      Excluir
  2. Professor, na postagem ''O que significa um PRNT de 63% ?'' não significa que 1t deste representaria 630 kg de carbonato de cálcio?
    Voce disse que representa 660 kg, me corrija se estiver errado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você está certo. Vamos corrigir a postagem. Obrigado.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Geralmente, a literatura arredonda os valores dos nutrientes; Ca 40, C 12 e O 16.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. queremos saber a massa do CaCO3. Aprendeu-se em matemática que numa equação envolvendo soma e multiplicação, primeiro se realiza a operação de multiplicação e depois a soma.
      Então
      CaCO3 cnforme as massas atômicas dos nutrientes temos
      40 + 12 + (16x3)
      Isto é igual a 40+12+(48)
      40+12+48 = 100
      O errado é (40+12+16) x 3 , o que daria 68 x 3= 204

      Se não é esta a sua pergunta, favor reformulá-la. Um abraço

      Excluir
  5. Professor, posso ter um corretivo com valores de PRNT maiores que 100%?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode, a cal virgem. veja o texto abaixo:
      http://agronomiacomgismonti.blogspot.com.br/2013/06/tipos-de-corretivos-da-acidez-do-solo-e.html

      Excluir
  6. Olá Gastão, parabéns pelo blog, tem me ajudado muito. Tenho 2 questões.
    1) O PRNT não se refere ao índice do corretivo que reage no período de 3 meses?
    2) Trabalhos realizados sobre granulometria e também a legislação a respeito, mostram que em torno de 20% de partículas de tamanho variando entre 0,84 a 2,0 mm reagem em 3 meses, por outro lado há 40% de partículas menores, entre 0,3 a 0,84 mm que não reagem nesses mesmos 3 meses, teria uma explicação? Obrigado.

    Att.

    Eng. Agr. Americo Maeoka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia,
      http://agronomiacomgismonti.blogspot.com.br/2012/09/poder-de-neutralizacao-e-reatividade-do.html

      Excluir
  7. Parabéns pelo trabalho, seu artigo fez com que eu possa repassar melhor os conhecimentos aos nossos colaboradores.

    Muito Obrigado

    Raphael Faria
    Técnico em Mineração

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Gastão, primeiramente quero lhe parabenizar pelo seu trabalho, seu blog tem sido uma excelente ferramenta para meus estudos.
    Bem... tenho um problema e estou com dificuldades de resolver, preciso calcular quanto foi aplicado de "Ca e Mg" em 21 T Calcário com 100% PRNT na Composição Química: CaO 45 a 48% MgO 6 a 10% PN 98 a 102% PRNT 85 a 90%, e como fica a saturação.
    Desde já agradeço!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://agronomiacomgismonti.blogspot.com.br/2009/11/quanto-se-adiciona-de-ca-e-mg-pela.html

      Excluir
  9. Reatividade (Re) é a quantidade de partículas que reagirão, no solo, num período de 2 a 3 meses ou 2 a 3 anos?
    Eu acho que é entre 2 e 3 meses, adm da página citou entre 2 e 3 anos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você está correto. O certo é dois a três meses. Vamos corrigir o erro de digitação. Obrigao.

      Excluir
  10. Em relação a Cal Virgem, existe alguma recomendação diferente da do calcario ? Quanto a incorporação, reação no solo, etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a diferença é que vc deve recalcular a quantidade, pois a cal virgem te um PRNT maior que 100%. As recomendações de calagem são para um calcário com PRNT 100%. Acima de 100% a quantidade recomendada deve ser menor. Na postagem vc encontra a fórmula para fazer isto.

      Excluir
  11. Gostaria de saber sua opinião sobre a eficácia da mistura de calcite com adubo químico, na hora do plantio.
    Ex. 350 kg + 600 kg 08/36/06

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é recomendável misturar produtos com Ca e fertilizantes que possuam fósforo. Acontece a retrogradação. Eu preferiria corrigir o solo com calcário 30 dias antes do plantio.

      Excluir

Comente, manisfeste a sua experiência, a sua dúvida, utilizando a parte de comentários.