terça-feira, 26 de julho de 2011

Calagem pelo Método Neutralização do Al e Ca+Mg

Os solos brasileiros são, em geral, deficientes em elementos essenciais ao desenvolvimento dos vegetais como fósforo, cálcio e magnésio, presença de alumínio trocável em níveis elevados que são tóxicos para as plantas, e de características ácidas que impedem a disponibilidade e absorção dos nutrientes. Nestes solos, os custos com a calagem e aplicação de fertilizantes são altos. Entretanto, a prática da calagem torna-se imprescindível para criar um ambiente propício para o desenvolvimento das plantas e para uma melhor absorção dos nutrientes.
A maior disponibilidade dos nutrientes necessários às plantas situa-se em pH ao redor de 6 a 6,5. A acidez do solo se origina pela presença de íons H+ livres, que são gerados pelos ácidos do solo, como: ácidos orgânicos, pelas secreções ácidas liberadas pelas raízes, pela ação dos fertilizantes nitrogenados na acidificação do solo, e outros. Os corretivos da acidez do solo devem ter compostos básicos que gerem OH- para neutralizar o H+. O íon H+ reagindo com OH- formará H2O. O calcário libera Ca²+, Mg²+ e CO3. Este CO3 formará OH- e depois o HCO3-. A reação de formação do OH- é lenta e não é total. O calcário aplicado ao solo fornece CaO e MgO, neutraliza a ação tóxica do alumínio e do manganês e melhora a eficiência dos fertilizantes. O certo é que não adianta aplicar fertilizantes em solos ácidos, pois sua eficiência será muito baixa e com perda de dinheiro. Para determinar a quantidade de calcário numa lavoura, é necessário a coleta de amostra de solo representativa da média desta área. A agricultura de precisão preconiza o levantamento da fertilidade do solo em cada manchas da lavoura e não uma amostra média. Seria a melhor representação da fertilidade do solo, na área da propriedade. Um dos métodos usados para determinar a necessidade de calcário (t/ha) é através do alumínio, e cálcio mais magnésio trocáveis.
Método de neutalização do  Al e suprimento de Ca+Mg
Neste método, a necessidade de calagem (NC) é para ser incorporado na camada do solo de 0-20 cm, pela fórmula:
NC (t/ha) = Y x Al + [X - (Ca+Mg) x f
O valor "Y" varia em função do teor de argila do solo, ou seja:
valor = 1 para solos arenosos, com menos de 15% de argila;
valor = 2 para solos com teor de argila entre 15 e 35%;
valor = 3 para solos com teor de argila maior que 35%.
O valor "X" é em função da cultura:
valor = 2 para a maioria das culturas;
O eucalipto usa valor = 1, e  o cafeeiro, valor 3.
Por exemplo: num solo com 65% de argila (650 g/kg), com 0,3 cmolc Ca/dm³, 0,1 cmolc Mg/dm³ e 1,3 cmolc Al/dm³, a necessidade de calagem, utilizando um calcário com PRNT=80%, seria:
NC (t/ha) = 3 x 1,3 + [2 - (0,3+0,1)] x f.
NC = 3,9 + [2 - 0,4] x f
NC = (3,9 + 1,6) x f
NC = 5,5 x f
Como o calcário tem 80% de PRNT, e as recomendações oficiais são para aplicação de um calcário com PRNT=100%, é necessário fazer a correção da quantidade, ou seja do valor "f".
f = 100/80 ou f = 1,25
NC = 5,5 x 1,25
NC = 6,88 t/ha
Nos solos sob vegetação de Cerrados, utilizam-se as seguintes fórmulas conforme os teores de argila e da soma Ca+Mg;
A - Solos com argila maior que 20% e soma Ca+Mg menor que 2 cmolc/dm³
NC (t/ha) = Al x 2 + [2 - Ca + Mg) x f
B = Solos com argila maior que 20% e  soma Ca+Mg maior que 2 cmolc/dm³
NC (t/ha) = 2 x Al x f
No exemplo acima do nosso solo, em condições de cerrado, a alternativa seria "A", pois ele tem mais de 20% de argila (65%) e a soma de Ca+Mg é menor que 2 cmolc/dm³ (0,4).
A quantidade de calcário (t/ha) para este solo seria:
NC = 2 x 1,3 + [2 - (0,3+0,1)] x 1,25
NC = 2,6 + [2 - (0,4)] x 1,25
NC = (2,6 + 1,6) x 1,25
NC = 5,25 t/ha
OUTROS ARTIGOS PARA LER

12 comentários:

  1. TENHO UMA DÚVIDA NESTE CALCULO SE ALGUÉM PODER ME AJUDAR EU AGRADEÇO.
    pH 4,5
    Al 0,9
    H+Mg 6,50
    Ca 4,00
    K 0,10
    P 3,0
    Na 1,0

    pede-se o seguinte.
    Calcule a quantidade de calcário a aplicar pelo método da Neutralização do Alumínio e suprimento de Cálcio e Magnésio, utilizando-se um calcário com PRNT de 80%.
    eu Fiz assim mais estou com dúvidas
    N.C. (t/ha) = Al x 2 + [2 - (Ca+Mg)] x f
    R:N.C.(t/ha)=0,9x2+[2-(6,50)]
    NC=1,8+[2-6,50]
    NC=(1,8+4,5)
    NC=6,3 t/ha
    Considerando-se que você queira aumentar a saturação de bases para 60% calcule a quantidade de calcário necessária.
    NC=0,9x2+[2-(6,50)]x1,25
    NC=1,8+[2+4,5]X1,25
    NC=1,8+8,3X1,25
    NC=10,1X1,25
    NC=12,63

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você deve rever os dados, no caso do Al+Mg. Não será (H+Al)? E o valor do Mg ? Os dados estão expressos em que unidade? cmolc ou mmolc/dm³ ?. No segundo exercicio pede calcular pelo método saturação por bases (V%). E 60% refere-se ao V2. Vc tem que aplicar a formula de saturação por bases e não a de neutralização por Al. Acessando o link abaixo vc saberá calcular os dois métodos. Cuide os sinais + e -.
      http://agronomiacomgismonti.blogspot.com/2010/03/calculo-da-calagem-pelos-metodos.html

      Existem vários artigos no blog sobre cálculo da necessidade de calagem. Acesse o marcador calagem, no rodapé.

      Excluir
  2. Professor, no exemplo citado no artigo onde a recomendação de calagem foi de 5,25 t/ha ou 6,88 t/ha... é recomendável fazer a aplicação nesta quantidade?
    Faço essa pergunta porque já li em algumas literaturas pesquisadores limitando a aplicação de calcário no máximo em 4 t/ha; isso esta certo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe a demora em responder, pois estou em viagem.
      Pode se aplicar nessas condições, vai depender da cultura, solo, e custo do investimento. Mas, o calcário deve ser usado para melhorar as condições de fertilidade dom solo e criar um ambiente de melhor disponibilidade dos nutrientes para absorção pelas plantas. Quando as quantidades são muito altas, recomenda-se aplicar parcelado em dois anos. Há condições, como solo arenoso, que não se recomenda aplicar grandes quantidades, devido à lixiviação dos cátions. Culturas mais resistentes à acidez do solo, diminui-se a quantidade. O calcário é recomendado para ser incorporado numa camada de 20 cm. Se a calagem for superficial, a dose deve ser reduzida, proporcional à profundidade da camada de solo.

      Excluir
  3. Como estimo a provável acidez ocasionada ao solo em decorrência de uma adubação aplicada? Há uma fórmula para se estimar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. È complicado. Os adubos nitrogenados são responsáveis, também, pela acidificação do solo. Existe uma maneira de acrescentar quantidade de calcário para neutralizar a acidez provocada pelos nitrogenados.

      http://agronomiacomgismonti.blogspot.com.br/2012/04/neutralizar-acidificacao-do-solo.html

      Excluir
  4. O valor de Y, que corresponde a capacidade tampão dos solos, varia de 0 a 4 segundo os livros de recomendação de calcários. Gostaria de saber de onde vem esse valor? Eu entendo a função dele, quanto mais argiloso, maior valor de Y, maior a dose recomendada, a pergunta é porque 4, e não 5 por exemplo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isto são valores atribuídos pela pesquisa realizada a campo e segundo os autores. Acredito que poderia ser usado 5 se mudarmos os parâmetros de argila. Mas somente com uma pesquisa a capo para determinar se este valor condiz com a realidade, o vai apresentar resultados semelhantes ao 4 ou mesmo 3.

      Excluir
  5. Bom Dia Professor!
    Caso a soma de Ca + Mg seja maior que 2 devo utilizar somente a fórmula de neutralização de Al, NC= 2xAlxf?
    Tenho em mãos um caso desses, uma analise do solo de área de lavoura antiga com Ca 2,6 Mg 0,6 Al 0,2.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. como está explicado no texto. Veja qual o método recomendado para sua região pelos órgãos de pesquisa.

      Excluir
  6. Bom dia professor!
    Minha dúvida é a seguinte pretendo usar esse método de neutralização do Al, na análise de solo, ele está expresso em porcentagem, como devo usá-lo na formula?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Al % Por exemplo Al= 2 % = 20 g
      1 cmolc Al = 27g/3/100 = 9 g (masa atômica em g/valência tri /100
      regra de três:
      1 cmolc Al ............... 9 g
      Quantos cmolc Al (X) ...... 20g
      X = 20 x 1 / 9
      X = 2,2 cmolc/dm³ Al

      Excluir

Comente, manisfeste a sua experiência, a sua dúvida, utilizando a parte de comentários.