terça-feira, 25 de setembro de 2012

Cálculo das Necessidades de Calagem e Gessagem no Perfil do Solo


Já abordamos dois métodos de calcular a necessidade de gessagem recomendados pela Comissão de Fertilidade do Solo do Estado de Minas Gerais- CFSEMG, que podem ser visualizados acessando os artigos seguintes:
Um terceiro método está em função da necessidade de calagem (NC) que
foi determinada pelo método do Al³+ e mais o suprimento de Ca²+ e Mg²+ ou pelo método de saturação por bases (V%).
A calagem é recomendada para ser aplicada e incorporada na camada arável, ou seja, 0 - 20 cm, de acordo com o resultado da análise do solo. Abaixo da camada de 20 cm de profundidade, se busca proporcionar um ambiente favorável para o desenvolvimento radicular das plantas, que terão maiores chances de buscar nutrientes e água. O gesso, por ser mais móvel que o calcário, carregará Ca para esta camada e o SO4 do gesso reagirá com o Al formando compostos insolúveis de sulfato de alumínio, não aproveitáveis pelas plantas.
A recomendação da necessidade de gessagem (NG) usual é aplicar 25% da quantidade recomendada de calcário.
NG = NC x 25/100
NG = NC x 0,25
Por exemplo: com base nos dados da análise do solo foi recomendada a aplicação de 3 t/ha para ser incorporado na camada de 0-20 cm. A aplicação e incorporação do gesso na camada arável será equivalente a 25% da necessidade de calagem.
NG = 3 t/ha x 0,25
NG = 0,750 t/ha ou 750 kg/ha
Se a camada subsuperficial que queremos melhorar o ambiente, para favorecer o desenvolvimento das raízes, possui 20-50 cm de profundidade (espessura da camada EC é igual a 30 cm), devemos corrigir a quantidade de gesso (QG) recomendada, ou seja 0,750 t/ha. A fórmula de cálculo a ser utilizada é a seguinte:
QG (t/ha) = NG x  EC/20
QG (t/ha) = 0,750 x 30/20
QG (t/ha) = 0,750 x 1,5
QG = 1,125 t/ha  ou 1125 kg/ha
Há casos em que temos a análise do solo de duas camadas: na camada de 0-20 cm e na camada de 20-50 cm. A recomendação de calcário será diferente para as duas camadas.
Por hipótese, numa lavoura de cana (superfície coberta - SC = 100%) a recomendação de calcário para a camada de 0-20 cm é de 3 t/ha  e para a camada de 20-50 cm é de 3,9 t/ha. O calcário a ser utilizado apresenta um PRNT de 80%. Lembre que a quantidade de calcário recomendada é para um produto que apresente um PRNT igual a 100%. Portanto, temos a necessidade de calagem (NC) de 3 t/ha, aplicação em 100% da área, espessura da camada (EC) de 20 cm e um calcário com PRNT de 80%, havendo necessidade de corrigir a quantidade de calcário (QC).

1) Quantidade de calcário corrigido para a camada arável (0-20 cm)
QC (t/ha) = NC x SC/100 x EC/20 x 100/PRNT
QC (t/ha) = 3 x 100/100 x 20/20 x 100/80
QC (t/ha) = 3 x 1 x 1 x 1,25
QC = 3,75 t/ha
2) Necessidade de gessagem para a camada subsuperficial (20-50 cm)
A necessidade de calcário (NC) recomendada para esta camada foi de 3,9 t/ha.
A necessidade de gessagem (NG) para a camada subsuperficial será:
NG (t/ha) = NC x 0,25
NG (t/ha) = 3,9 x 0,25
NG = 0,975 t/ha
Esta necessidade de gesso deve ser corrigida, pois a espessura da camada (EC) subsuperficial é de 30 cm, (50 - 20).
QG (t/ha) = NG x SC/100 x EC/20
QG (t/ha) = 0,975 x 100/100 x 30/20
QG (t/ha) = 0,975 x 1 x 1,5
QG = 1,46 t/ha
CONCLUSÃO:
Na camada arável deverão ser incorporados 3,75 t/ha de calcário (PRNT 80%) mais 1,46 t/ha de gesso agrícola.

REFERÊNCIA

ALVAREZ V, V.H.; RIBEIRO, A.C.; GUIMARÃES, P.T.G. Recomendações para o uso de corretivos e fertilizantes em Minas Gerais - 5a. aproximação. 1999. Viçosa, Minas Gerais. Disponível em:<http://pt.scribd.com/doc/58701933/5%C2%AA-Aproximacao-Manual-de-Adubacoes-PDF> Acesso em: 13 de jun. 2012.

14 comentários:

  1. PESSOAS DESSE PLANETINHA QUERIDO... VAMOS PARAR 15 SEGUNDOS DA NOSSA VIDA CORRIDA E PENSAR UM POUCO... QUAL A RELAÇÃO DE SE APLICAR GESSO EM 25% DA RECOMENDAÇÃO DE CALCÁRIO (QUE INCLUSIVE PELO MÉTODO DO NC É PÉSSIMA)?
    Vamos votar a nossa querida química!! lembram o que é estequiometria?
    concordam que 1cmolc de Al3+ reage exatamente com 1 cmolc de (SO4)2-??
    não faria mais sentido aplicar gesso, apenas calculando o equivalente estequiométrico dele, apenas dobrando ou triplicando a dose, pois o solo sendo um meio complexo,a distribuição do gesso pode nao ser uniforme??

    então vamos parar de querer receitinhas como 25% da aplicação de calcário e pensar um pouco...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esta receitinha é recomendada pelos órgãos de pesquisa oficial, em vista os resultados obtidos a campo nos experimentos realizados por sua rede de pesquisadores. A utilização do gesso agrícola visa melhorar as condições de desenvolvimento do sistema radicular das plantas, em área e profundidade, facilitando a absorção de nutrientes e água na camada subsuperficial do solo (20-40 cm; 30-50 cm, etc). O gesso, por ser mais móvel que o calcário, carrega o Ca para as camadas mais profundas do solo. O íon SO4 reage com o Al da camada profunda, formando sulfato de alumínio insolúvel para as plantas.

      Excluir
  2. Boa tarde.
    Começo por dar os parabéns pelo blog, fantástico.
    Mandei fazer uma análise ao solo que deu os seguintes resultados:
    Textura de Campo Ligeira
    pH (H2O) 5.2 Ácido
    Carbonatos 0.0 % Não calcário
    Matéria orgânica 1.4 % Baixo
    Fósforo (P2O5-Egner- Riehm) 207.8 ppm Muito Alto
    Potássio (K2O-Egner- Riehm) 223.2 ppm Muito Alto
    Queria pedir ajuda em termos de calagem e adubação. A parcela é para instalar um prado de sequeiro á base de trevos. Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Gil Vicente

      Solicito que procure um técnico da sua região para a recomendação, pois não tenho dados de adubação levando em conta este extrator de P e K. obrigado pela visita.

      Excluir
  3. Bom dia,
    Aqui em Goiás alguns pesquisadores recomendam multiplicar o teor de argila do solo por 50 para encontrar a necessidade de gesso a ser aplicada por hectare. Gostaria de saber sua opinião sobre essa recomendação.
    Outra dúvida é como se calcula a quantidade de Ca adicionado pelo gesso, posso usar o mesmo fator utilizado no calcário (% CaO x 0,017840).
    Obrigado pela atenção!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isto depende dos resultados de pesquisas realizados no seu Estado, onde chegaram a esta conclusão quanto à quantidade de gesso. Quanto ao índice 0,017840 ele foi encontrado em relação ao calcário. Não pode ser usado em gesso.

      Excluir
    2. Bom dia,
      Compramos um gesso de Grajaú no Maranhão que é extraído da rocha,
      com 17,7% de S e 32 % de Ca, nesse caso seria realmente CaO?
      Com relação ao gesso (subproduto da fabricação do ácido fosfórico) em que forma esta o Ca e como podemos transformar para cmolc/dm³?
      Obrigado pela Atenção!
      Este site tem nos ajudado a tirar muitas duvidas e adquirir mais conhecimento!
      Parabéns!

      Excluir
    3. 32% de Ca é referente ao teor de Ca. Se fosse expresso em CaO teria que ser expresso, por exemplo, 23% de CaO.
      100 kg de gesso tem 32 kg de Ca ou 32.000 g de Ca
      cmolc Ca = g Ca / valência/ 100
      cmolc Ca = 40 g / 2/ 100
      cmolc Ca = 0,200 g Ca
      1 cmolc Ca tem................0,200 g
      X cmolc ............... 32.000 g Ca
      X = 32000 x 1 / 0,200
      X = 160.000 cmolc Ca em 100 kg de gesso

      Excluir
  4. Quais as consequências de considerar a NC (Necessidade de Calagem) e a NG (Necessidade de Gessagem) ao invés da QC (Quantidade de Calcário) e QG (Quantidade de Gesso)?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nenhuma, desde que os cálculos estejam corretos. NC ou QC, NG ou QG depende de cada um escrevê-las. O que importa é o cálculo correto para atingir o resultado certo.

      Excluir
  5. Necessito aplicar de 100 a 200 kg/ha de gesso em vasos de 15L , para facilitar a solubilidade de polímero. O uso do gesso não é para correção. Qual o método melhor recomendado para o calculo da quantidade em vaso? Aguardo resposta e desde já agradeço a contribuição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia
      http://agronomiacomgismonti.blogspot.com.br/2013/06/calculo-da-quantidade-de-fertilizantes.html

      Excluir
  6. Boa noite Professor,

    Para a determinação da quantidade de gesso, o senhor recomenda fazer a amostragem da camada 0-20cm, da camada mais profunda 20-40cm, ou das duas?

    E, para esta amostra, devo pedir a análise de fertilidade básica ou também uma analise de textura?

    Falo de Minas Gerais e o cultivo seria de milho.

    Parabéns pelo blog e muito obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Das duas. As analises de solo contemplam a análise da textura. O interessante é perguntar antes ao laboratório se eles fazem esta análise.

      Excluir

Comente, manisfeste a sua experiência, a sua dúvida, utilizando a parte de comentários.